Avan√ßar para o conte√ļdo

Feira de Empregabilidade

Feira de Empregabilidade

A 3¬™ edi√ß√£o da Feira de Empregabilidade ocorreu entre os dias 3 e 31 de maio de 2023. Foram 4 as sess√Ķes que compuseram esta feira e que abordaram tem√°ticas distintas, todas elas relacionadas com a passagem da academia para o mercado de trabalho e sobre as quais poder√°s ler mais abaixo. Para al√©m disso, os estudantes de Engenharia Biom√©dica puderam usufruir de sess√Ķes 1:1 proporcionadas pela ‚ÄúOh My Science‚ÄĚ e pela ‚ÄúCl√≠nica do Eu‚ÄĚ. Estes dois projetos trabalham conjuntamente para maximizar o potencial de jovens cient√≠stistas e auxili√°-los no sentido de perceber que profiss√Ķes se adequam mais ao seu perfil e experi√™ncia. Assim, estas sess√Ķes afiguram-se como uma oportunidade √ļnica para os estudantes simularem uma entrevista de emprego e receberem feedback imediato quanto √† sua presta√ß√£o durante a mesma e quanto ao seu CV.¬† A Feira de Empregabilidade incluiu ainda uma edi√ß√£o da r√ļbrica da ANEEB, ‚ÄúDicas do Dia‚ÄĚ, que incidiu sobre as melhores pr√°ticas a serem tidas aquando da candidatura a oportunidades de emprego no estrangeiro, conselhos dados pela Ana Gl√≥ria Cruz e pela Maria Francisca Westermann.

03/05 |¬† ‚ÄúEntrevista de Emprego: Do‚Äôs and Dont‚Äôs‚Ä̬† Accenture

Esta foi uma sess√£o interativa na qual se discutiram t√≥picos como: o que preparar antes da entrevista de emprego, qual a postura e o dresscode mais indicados, o que deve e n√£o deve ser dito e que tipo de quest√Ķes podem ser colocadas, quer da parte do entrevistador, quer da parte do entrevistado. Todos os participantes da sess√£o contribu√≠ram para responder a cada um deste t√≥picos interativamente, e o Jo√£o Rovira, Talent Acquisiton da Accenture, complementou as suas respostas partilhando os seus conhecimentos enquanto profissional.

 

10/05 | ‚ÄúO papel do Engenheiro Biom√©dico”¬†– Padr√£o Ortop√©dico, HWMED, J&J, Philips e Bernardo Pereira da Quibin, e Maria Francisca, da NeuroOne¬†

Como √© ser engenheiro biom√©dico em contexto empresarial? O que √© feito no mercado das pr√≥teses, dos dispositivos m√©dicos ou da engenharia cl√≠nica em Portugal? Existem vantagens em trabalhar no estrangeiro, quais? Estas e muitas outras foram quest√Ķes discutidas pelos representantes das quatro empresas presentes e pelos dois engenheiros biom√©dicos que partilharam a sua experi√™ncia internacional, dando assim uma perspectiva rica e completa das diferentes op√ß√Ķes que poderemos vir a ter ao nosso dispor.

Padrão Ortopédico

A Padr√£o Ortop√©dico foca-se no paciente e na sua qualidade de vida, estabelecendo novas metas na qualidade do fornecimento de pr√≥teses e ort√≥teses atrav√©s da forma√ß√£o de profissionais, inova√ß√Ķes e adapta√ß√Ķes aos dispositivos ortop√©dicos confeccionados. Em representa√ß√£o da Padr√£o Ortop√©dico estiveram presentes a Carolina Coraini, CPO, e o Tiago Coutinho, Software developer.

HWMed

A HWMed tem como  missão desenvolver serviços na área médico-hospitalar, otimizando tempos de manutenção e viabilizando um melhor custo benefício dentro de um padrão de sustentabilidade, proporcionando aos clientes uma parceria de qualidade e eficiência. Pela HWMed esteve presente Pedro Moreira, Co-fundador, Diretor Técnico e Engenheiro Clínico.

Johnson & Johnson Medical

A Johnson & Johnson Medical opera no setor dos cuidados de sa√ļde, apostando no avan√ßo tecnol√≥gico e na inova√ß√£o, com vista nos melhores resultados cir√ļrgicos. Disponibiliza solu√ß√Ķes tecnol√≥gicas cir√ļrgicas completas, bem como uma vasta gama de produtos e servi√ßos baseados na investiga√ß√£o e inova√ß√£o permanentes. A Neuza que √© Project Management, Sales Accelerator e Consultant foi quem representou a¬† Johnson & Johnson Medical.

Philips

A Philips tem como objetivo ajudar as pessoas a viver de forma saudável, fornecer aos médicos as ferramentas de que necessitam para fazer diagnósticos precisos e proporcionar um tratamento personalizado, bem como assistir na recuperação dos pacientes em casa e na comunidade. A Philips foi representada pelo Nuno Ricardo Pereira que é Product Support Specialist MR Iberia.

 

Bernardo Pereira

O Bernardo Pereira licenciou-se, em 2017, em Engenharia Biomédica pela Universidade Nova de Lisboa e tornou-se mestre na mesma área, em 2020, pela Universidade de Groningen. Atualmente encontra-se na Quibim, onde exerce como Data Scientist.

Maria Francisca Westermann

A Maria Francisca Westermann concluiu, em 2014, o Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica pela Universidade do Minho, ano em que ingressou na Universidade de Freiburg, Alemanha, onde concluiu, em 2017, o Mestrado em Engenharia de Microsistemas. Em 2021, doutorou-se em Neurociências Translacionais e Neurotecnologias pela Universidade de Ferrara, Itália. Em 2022 entrou na empresa NeuroOne Medical Technologies, onde trabalha como engenheira no departamento de investigação e desenvolvimento.

 

24/05 | ‚ÄúA Carreira de Investigador: Portugal vs Estrangeiro‚ÄĚ ¬†

O principal objetivo da sessão foi esclarecer no que consiste uma carreira de investigação e quais os requisitos dos estudantes que a pretendem seguir, que tipo de percursos poderão esperar, que vantagens e desvantagens existem associados aos mesmos, quais os tipos de bolsa existentes e outros tantos tópicos implicados na carreira de um investigador. Para além disso, procurou-se confrontar as perspectivas da investigação nacional e internacional, tendo ficado patente para os presentes que naturalmente ambas apresentam vantagens e desvantagens que devem ser pesadas mediante as preferências profissionais e pessoais de cada um.

O painel desta sessão foi constituído por dois investigadores jovens, que trabalham em Portugal e no estrangeiro, e duas investigadoras sénior, que trabalham também em Portugal e no estrangeiro: 

Paula Alves

Paula Alves √© CEO do Instituto de Biologia Experimental e Tecnol√≥gica, investigadora no ITQB NOVA e professora associada convidada da FCT NOVA. √Č licenciada em Bioqu√≠mica (FCUL) e doutorada em Eng. Bioqu√≠mica (ITQB NOVA). Durante o doutoramento, estudou ainda no MR-Center-Trondheim e na Universidade Bremen. Fez uma sab√°tica no MIT e dedica-se √† investiga√ß√£o de c√©lulas animais.Trabalha em R&D de processos para produ√ß√£o e caracteriza√ß√£o de biof√°rmacos complexos: prote√≠nas, vacinas e vetores virais para terapia g√©nica. Alargou estas compet√™ncias √† √°rea das c√©lulas estaminais humanas, desenvolvendo tecnologias para a sua expans√£o e diferencia√ß√£o in vitro, para obten√ß√£o de modelos pr√©-cl√≠nicos para o desenvolvimento de f√°rmacos e de produtos para terapia celular. √Č membro da US National Academy of Engineering. Foi presidente da European Society for Animal Cell Technology (2017-2022). Participa como membro de conselhos cient√≠ficos de programas na comiss√£o europeia (IMI, ECVAM, Horizon 2020) e √© membro de Scientific Advisory Boards de institui√ß√Ķes de R&D, empresas farmac√™uticas e start-ups na √°rea da Biofarmac√™utica. √Č uma das 100 mulheres da edi√ß√£o de 2019 do livro 100 Mulheres na Ci√™ncia da Ci√™ncia Viva.

Catarina Veiga

A Catarina Veiga √© licenciada em F√≠sica pela Universidade do Minho, e mestre em F√≠sica M√©dica pela Universidade do Porto. Em 2016, concluiu o doutoramento na University College London, em Londres, na √°rea de radioterapia adaptativa. Durante o doutoramento, esteve seis meses na University of Pennsylvania, EUA, onde se focou no aplica√ß√£o da radioterapia no cancro do pulm√£o.No p√≥s-doutoramento, no Centre for Medical Image Computing (UCL), desenvolveu m√©todos para quantificar, em imagens de CT, o dano permanente causado pela radia√ß√£o nos pulm√Ķes. Em 2018, recebeu uma bolsa da Royal Academy of Engineering, que lhe permitiu formar uma equipa na UCL, com o objetivo de reduzir os efeitos secund√°rios a longo prazo associados com a radioterapia no tratamento de cancros pedi√°tricos.

Jo√£o Pedro Bebiano e Costa

O Jo√£o Pedro Bebiano e Costa √© atualmente investigador, professor convidado, gestor de Inova√ß√£o e Transfer√™ncia de Tecnologia no Centro de Biotecnologia e Qu√≠mica Fina da Universidade Cat√≥lica do Porto. Em 2022, foi financiado pela Funda√ß√£o para a Ci√™ncia e Tecnologia para desenvolver o seu projeto de investiga√ß√£o, relacionado com a biofabrica√ß√£o de tecidos ortop√©dicos gerados em laborat√≥rio.√Č mestre em Bioengenharia pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e ingressou, em 2015, no programa doutoral em Engenharia de Tecidos, Medicina Regenerativa e C√©lulas Estaminais na Universidade do Minho, concluindo-o em 2019, no i3Bs. Nos √ļltimos anos, trabalhou como gestor de R&D, na TECH4MED e estagiou, durante 9 meses no Wake Forest Institute for Regenerative Medicine, na Carolina do Norte, EUA.Durante esse tempo, trabalhou com tecnologias de bioimpress√£o 3D. Obteve um Mestrado em Administra√ß√£o de Empresas, Administra√ß√£o Hospitalar e Gest√£o de Sa√ļde pela Universidade Nebrija/IMF Business School, Manzanares/Madrid, Espanha, em 2022. At√© √† presente data, publicou mais de vinte artigos e cap√≠tulos de livros, bem como inventou e co-inventou tr√™s pedidos de patente internacional.

Bernardo Maciel

O Bernardo Maciel √© licenciado e mestre em Engenharia Biom√©dica, pela Universidade Nova de Lisboa. Realizou o programa ERASMUS na Universidade de Twente, na Holanda. Atualmente, √© estudante de doutoramento neste pa√≠s, na Universidade Vrije Amsterdam.A sua investiga√ß√£o tem como foco principal a rela√ß√£o entre os padr√Ķes de atividade cerebral e os seus genetic correlates subjacentes, resultando em fen√≥tipos cl√≠nicos neuropsiqui√°tricos.

 

31/05 |¬†‚ÄúComo ser Empreendedor?‚Ä̬† ¬†

Esta foi a sess√£o ideal para todos os engenheiros biom√©dicos que se interessam pela inova√ß√£o e disrup√ß√£o na sa√ļde e na tecnologia que a sustenta. Foram discutidos os diferentes tipos de apoios aos quais os empreendedores na sa√ļde se podem candidatar, quer no √Ęmbito financeiro, quer no √Ęmbito da mentoria. Para al√©m disso, discutiram-se as problem√°ticas inerentes √† legaliza√ß√£o e comercializa√ß√£o de dispositivos m√©dicos, os passos a dar aquando da cria√ß√£o de uma start-up, os riscos a eles associados, entre outros.

A √ļltima sess√£o da Feira de Empregabilidade da ANEEB reuniu um painel constitu√≠do por uma start-up que ruma rapidamente ao sucesso, a eBreathie, pela Health Cluster Portugal, a maior Associa√ß√£o do P√≥lo de Competitividade da Sa√ļde, e ainda a Portic, uma incubadora do¬† Instituto Polit√©cnico do Porto:

eBreathie

¬†A eBreathie tem feito progressos significativos desde a sua cria√ß√£o em 2020, com forte impacto no setor da sa√ļde. O reconhecimento e valida√ß√£o desta promissora StartUp portuguesa ficou evidente, quando a eBreathie se consagrou vencedora na Competi√ß√£o de Startups da NOVA. Ap√≥s isso, ainda receberam mais duas distin√ß√Ķes no Pr√©mio Hintt 2022: o pr√™mio de ‘Inova√ß√£o em Startup’ e o ‘Pr√™mio Born from Knowledge pela ANI’. Ana Filipa Rebelo, que esteve em representa√ß√£o da eBreathie √© formada em Engenharia Biom√©dica. Criou um congresso nacional de tecnologia e inova√ß√£o em sa√ļde (Tec2Med Summit), criou uma J√ļnior Empresa de consultoria tecnol√≥gica (In-Nova Junior Technology Consulting) e tem tamb√©m a sua startup na √°rea de MedTech (eBreathie). Hoje √© Junior Project Manager na LabToMarket que procura apoiar muitas outras StartUps, Investigadores e Cl√≠nicos.

Health Cluster Portugal

A Health Cluster Portugal √© considerado o p√≥lo nacional de competitividade da Sa√ļde, como Knowledge and Intelligence Manager. Re√ļne atualmente mais de 180 associados, incluindo institui√ß√Ķes de I&D, universidades, hospitais, organiza√ß√Ķes da sociedade civil e empresas das √°reas da farmac√™utica, biotecnologia, dispositivos m√©dicos, servi√ßos m√©dicos, entre outros. A Patr√≠cia Patr√≠cio foi quem representou a Health Cluster Portugal. Na forma√ß√£o da Patr√≠cia Patr√≠cio incluem-se as √°reas do empreendedorismo, da gest√£o de projetos, da transfer√™ncia de tecnologia, da investiga√ß√£o cl√≠nica e da propriedade intelectual. Atualmente, √© s√≥cia co-fundadora da empresa Bn‚ÄôML ‚Äď Behavioral & Molecular Lab e diretora nacional na Associa√ß√£o Nacional de Jovens Empres√°rios (ANJE). Det√©m certifica√ß√£o Level D, Certified Project Management Associate, pela International Project Management Association (IPMA), certifica√ß√£o em Programa√ß√£o NeuroLingu√≠stica pela International Trainers Academy of NLP e em Coaching. Integra, desde janeiro de 2020, a equipa executiva do Health Cluster Portugal.

PORTIC

O Porto Research, Technology & Innovation Center (PORTIC) é o centro de pesquisa, inovação e desenvolvimento tecnológico do Instituto Politécnico do Porto (P.PORTO), criado para potencializar sinergias entre centros de pesquisa e grupos, empresas e StartUps, e promover a interseção entre diferentes áreas de atuação.  A Portic foi representada por José Miguel Reis. O José é designer industrial de formação e atualmente encontra-se como Técnico Superior no Instituto Politécnico do Porto, afeto à unidade PDF (Porto Design Factory). Juntamente com o seu colega Ivo Coutinho, José Miguel Reis é responsável pelos programas educativos da PDF, cursos de inovação e desenvolvimento de produtos/serviços. Dá apoio aos estudantes de licenciatura e pós-graduação nas áreas do desenho, modelação CAD impressão 3D e prototipage, onde a PDF faz a ponte com mais de 50 parceiros nacionais e internacionais através das redes DFGN, SUGAR e ATHENA.

A Feira de Empregabilidade 2022 decorreu ao longo do m√™s de maio de 2022 e contou com 4 sess√Ķes distintas que abordaram o contexto empresarial, de investiga√ß√£o, a transi√ß√£o para o mercado de trabalho e gest√£o sobre o primeiro ordenado. Para al√©m disso, foi estabelecida uma colabora√ß√£o com a Comunidade de Engenharia Biom√©dica – Portugal (CEB.PT) para a concretiza√ß√£o de mais duas edi√ß√Ķes da rubrica ‚ÄúDicas do Dia‚ÄĚ tendo como tem√°ticas estrat√©gias de prepara√ß√£o para o¬† mercado de trabalho e combate √† procrastina√ß√£o.

14/05 |  Roundtable com empresas Accenture, J&J, PeekMed, GSK 

Para além de dar a conhecer cada uma das empresas, esta Roundtable incidiu sobre uma larga panóplia de tópicos tais como: a atual constituição das equipas de trabalho dentro das mesmas, os papéis que os engenheiros biomédicos que as integram podem desempenhar, os processos de captação e recrutamento, a integração e formação após a entrada na empresa e partilha dos projetos mais desafiantes nos quais os convidados já participaram ao longo da sua carreira. 

21/05 | 15:00 | Transição para o mercado de trabalho РTiago Gonçalves, Abel Nicolau e João Nunes (em representação da CEB)

Nesta sess√£o, os alumni da CEB responderam a um conjunto de perguntas que s√£o frequentes no percurso de um aluno de engenharia biom√©dica. O que fazer imediatamente ap√≥s a sa√≠da da faculdade e quais as maiores dificuldades neste processo? Quais os fatores a ter em considera√ß√£o para a escolha do 1¬ļ emprego? Existe a¬† necessidade de aprender conceitos que n√£o foram abordados na faculdade? Que compet√™ncias devem ser adquiridas para colmatar a aus√™ncia destes conceitos que n√£o s√£o transmitidos? Abordou-se ainda a relev√Ęncia da Ordem dos Engenheiros no reconhecimento do valor da Engenharia Biom√©dica assim como as diferentes experi√™ncias profissionais dos convidados.

21/05 | 16:30 | Como gerir o primeiro ordenado – Pedro Andersson

O c√©lebre jornalista respons√°vel pela r√ļbrica da SIC ‚ÄúContas Poupan√ßa‚ÄĚ protagonizou esta sess√£o, transmitindo aos convidados as dicas que considera essenciais para a gest√£o do primeiro ordenado.¬†

25/05 | 17:00 | Roundtable sobre Investiga√ß√£o –¬† Nuno Matela (em representa√ß√£o do IBEB), Maria Jos√© Oliveira (em representa√ß√£o do i3s) e Tom√© Alburquerque (doutoramento em Eng. Biom√©dica no INESC TEC)

Sendo a investiga√ß√£o um caminho que n√£o √© t√£o recorrentemente escolhido, os convidados partilharam o porqu√™ de terem optado pela mesma e da sua experi√™ncia at√© ent√£o. O funcionamento dos grupos de investiga√ß√£o, as bolsas de investiga√ß√£o, a import√Ęncia dos artigos cient√≠ficos, a investiga√ß√£o nacional vs internacional, a dualidade investiga√ß√£o vs carreira empresarial, foram alguns dos t√≥picos discutidos!

A Feira de Empregabilidade 2021 ocorreu durante o m√™s de maio de 2021, contou com 7 sess√Ķes e 6 empresas. Em 6 destas sess√Ķes os estudantes puderam conhecer a Patient Innovation, a Microsoft, a Coimbra Genomics, a¬† Adapttech, a Noronesc e a Quidgest, sendo que a √ļltima sess√£o foi dinamizada em conjunto com estudantes de Recursos Humanos que realizaram entrevistas fict√≠cias ‚Äú1 para 1‚ÄĚ com um estudante de Engenharia Biom√©dica. Os estudantes receberam uma avalia√ß√£o da qualidade da entrevista, assim como um feedback aspetos a melhorar. Segue-se abaixo a agenda da Feira de Empregabilidade 2021.

05/05 | 17:00 –¬†Noronesc

A Noronesc, sediada no Porto, foi fundada em 1997 e √© uma empresa de consultoria inform√°tica,com o objectivo de apoiar na defini√ß√£o, implementa√ß√£o e integra√ß√£o de solu√ß√Ķes empresariais e tecnol√≥gicas, cloud applications e servi√ßos de plataforma provenientes da Oracle. A sua miss√£o passa por assegurar o sucesso dos clientes em diferentes espectros, nomeadamente na ind√ļstria, governo e sector p√ļblico.

08/05 | 15:00 – Patient Innovation

O Patient Innovation √© uma plataforma online onde doentes e cuidadores de diferentes pontos do mundo partilham solu√ß√Ķes que os pr√≥prios desenvolveram, ou que criaram com a ajuda de um colaborador para ultrapassar um desafio imposto por um problema de sa√ļde.

12/05 | 15:00 – Microsoft

A Microsoft que, quase dispensa apresenta√ß√Ķes,√© uma empresa transnacional dos Estados Unidos com sede em Redmond, Washington, que desenvolve, fabrica, licencia, apoia e vende softwares de computador, produtos eletr√≥nicos, computadores e servi√ßos pessoais. Desde 1996 que est√° sediada em portugal, tendo j√° vencido, por v√°rios anos, o pr√©mio de “Melhor Empresa para Trabalhar em Portugal” .¬†

19/05 | 14:30 – Coimbra Genomics

A CBR Genomics √© uma empresa que coloca a Gen√≥mica ao servicŐßo da Medicina, levando a informacŐßaŐÉo geneŐĀtica ateŐĀ aŐÄ praŐĀtica cliŐĀnica, para uma melhoria dos cuidados de sauŐĀde. Esta empresa portuguesa tem como miss√£o mudar o paradigma da Medicina para uma abordagem mais preditiva e preventiva e, para tal, desenvolve testes de rastreio gen√©tico que identificam centenas de muta√ß√Ķes associadas a doen√ßas gen√©ticas, atrav√©s da an√°lise do DNA da saliva. Com recurso √† sua tecnologia patenteada, produz relat√≥rios cl√≠nicos com informa√ß√Ķes gen√≥micas relevantes para a tomada de decis√Ķes m√©dicas sobre a prescri√ß√£o, o diagn√≥stico e o progn√≥stico dos pacientes.

21/05 | 17:00 – Adapttech

A Adapttech √© uma empresa de engenharia biom√©dica do Reino Unido com o objetivo de melhorar a qualidade de vida de pessoas com limita√ß√Ķes f√≠sicas, atrav√©s do uso de tecnologia wearable inovadora. Este √© o motivo pelo qual o nome da empresa √© Adapttech = ‚ÄúTecnologias de Adapta√ß√£o‚ÄĚ.A Adapttech ambiciona tornar-se uma refer√™ncia mundial em inova√ß√£o, design e qualidade na ind√ļstria de dispositivos biom√©dicos. O sistema INSIGHT √© apenas o primeiro passo na jornada da empresa. A Adapttech ir√° continuar a apostar no desenvolvimento de tecnologia noutras √°reas da sa√ļde para ajudar mais pacientes a desfrutar dos benef√≠cios de uma recupera√ß√£o mais r√°pida, confort√°vel e de uma melhor qualidade de vida.

26/05 | 17:00 – Quidgest

A Quidgest √© uma empresa pioneira na Intelig√™ncia Artificial aplicada ao desenvolvimento de softwares de gest√£o, e em particular a sistemas de gest√£o de sa√ļde. Se esta √© uma √°rea que te interessa, n√£o percas esta oportunidade de conhecer a Quidgest.

29/05 | 15:00 –¬†Sess√£o de Entrevistas¬†

A Feira de Empregabilidade 2020 ocorreu durante os meses de abril, maio e junho de 2020 e contou com um total de 8 sess√Ķes e com a participa√ß√£o de 9 empresas. A grande maioria das sess√Ķes consistiu na apresenta√ß√£o das empresas, do trabalho que desenvolvem assim como do seu funcionamento, e no di√°logo com os estudantes presentes. Uma destas sess√Ķes, por sua vez, consistiu numa Roundtable com duas start-ups, Clynx e Nevaro que puderam discutir as suas vis√Ķes e partilhar as suas experi√™ncias no que toca ao empreendedorismo. Abaixo segue-se ent√£o a agenda da Feira de Empregabilidade 2020 bem como uma breve descri√ß√£o das empresas que marcaram presen√ßa.¬†¬†

08/04 | 15h:00 – ST+I

A ST+I √© uma empresa sediada em Vila Real, que se dedica exclusivamente ao desenvolvimento e comercializa√ß√£o de Software, criando solu√ß√Ķes integradas de Gest√£o Log√≠stica e Circuito do Medicamento. Apresentam ainda solu√ß√Ķes nos setores de Transportes, Nutri√ß√£o e Visitas Hospitalares.

15/04 | 15h:00 РSensing Future 

A Sensing Future está sediada em Coimbra, que concebe, desenvolve e implementa dispositivos médicos de elevado grau de inovação e funcionalidade. A Sensing Future dedica-se essencialmente às áreas de Tecnologias de Reabilitação, Robótica Médica e Telemedicina.

22/04 | 15h:00¬† –¬† Crioestaminal

A Crioestaminal desenvolve o seu trabalho nas √°reas de¬† biologia celular e do desenvolvimento, engenharia de c√©lulas, gen√©tica e investiga√ß√£o laboratorial e est√° na linha da frente da investiga√ß√£o acerca da utiliza√ß√£o de c√©lulas estaminais para sa√ļde

29/04 | 15h:00 – OutSystems

A OutSystems desenvolve programas informáticos personalizados que recorrem a inteligência artificial para melhorar a eficiência nas empresas. A sessão contou com a participação do Francisco Menezes que após uma carreira académica em IA e Computer Science, focou-se na automação de software, para tornar o desenvolvimento de software adequado para os crescentes desafios da transformação digital em todos os setores.

06/05 | 15:00 – Novabase

A Novabase √© uma empresa l√≠der portuguesa em Tecnologias de Informa√ß√£o, com representa√ß√£o em diversos pa√≠ses como Espanha, B√©lgica, Reino Unido, Emirados √Ārabes Unidos, Angola, Mo√ßambique e, naturalmente, Portugal. Procura desenvolver solu√ß√Ķes aliadas ao desenvolvimento tecnol√≥gico para tornar a vida das pessoas e das empresas mais simples e felizes. A empresa conjuga a engenharia e gest√£o com as ci√™ncias humanas e design, criando solu√ß√Ķes centradas nas pessoas.

13/05 | 15h:00 – Glintt

A multinacional Glintt √© uma empresa l√≠der em servi√ßos tecnol√≥gicos de Sa√ļde, atuando em mais de 200 hospitais e cl√≠nicas. Est√° representada em 6 pa√≠ses e trabalha no setor Farmac√™utico, onde mais de 14 000 farm√°cias na Pen√≠nsula Ib√©rica utilizam o seu software de gest√£o, Servi√ßos Financeiros, Telecomunica√ß√Ķes e Administra√ß√£o P√ļblica. A empresa colabora com as maiores e mais competitivas entidades em v√°rios pa√≠ses da Europa, colocando em pr√°tica projetos transformacionais e servi√ßos de gest√£o aplicacional e de infraestruturas.

20/05 | 15:00 – Clynx e Nevaro

A Clynx √© uma start-up que traz inova√ß√£o no ramo da Reabilita√ß√£o F√≠sica, com solu√ß√Ķes que permitem uma recupera√ß√£o mais agrad√°vel, motivando os pacientes a continuar a fisioterapia. As solu√ß√Ķes desenvolvidas tanto podem ser implementadas na cl√≠nica, como no conforto da casa do paciente.

Por outro lado, a Nevaro desenvolveu uma solu√ß√£o para ajudar a combater a ansiedade, melhorando tamb√©m a qualidade de vida dos pacientes. Com recurso a uma plataforma de sa√ļde digital, implementam uma solu√ß√£o de treino cerebral por VR/AR e biofeedback, sem recurso a quaisquer medicamentos, que acelera a recupera√ß√£o e quantifica a evolu√ß√£o do paciente.

03/06 | 15:00 – Medtronic

A Medtronic foi fundada em 1949 por Earl Bakken e o seu cunhado Palmer Hermundslie como uma oficina de repara√ß√£o de equipamentos m√©dicos. Foi nesta oficina que foi inventado dos primeiros pacemakers card√≠acos, port√°til com bateria. Ao longo dos anos, foram desenvolvidas outras tecnologias m√©dicas, que tratam cerca de 40 condi√ß√Ķes m√©dicas. Em Portugal, a companhia est√° presente desde 1998, com sede em Lisboa. A Medtronic Portugal tem vindo a trabalhar em prol do conceito de Desenvolvimento Sustent√°vel e no desenvolvimento de solu√ß√Ķes Value Based Healthcare.