Decorreu, no passado dia 10 de outubro de 2020, o 2º Fórum de Inovação em Biotecnologia, regido pelo lema “Think BIG in Biotechnology”. À semelhança da última edição, com o mote “Think BIG in Biomedical Engineering”, a Associação de Antigos Alunos da Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa (AAAESB) dinamizou esta iniciativa, realizando-se este ano em formato online. Desta vez, o objetivo principal concentrou-se na ênfase da importância da biotecnologia no nosso quotidiano, particularmente no contexto pandémico atual.

A abertura da conferência deu-se com as intervenções de Isabel Braga da Cruz, Presidente do Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa, e de Isabel Vasconcelos, Diretora da Escola Superior de Biotecnologia (ESB) da mesma universidade. Hugo Choupina, Presidente da AAAESB, foi o apresentador ao longo de toda a edição.

A primeira sessão teve início com a apresentação do Professor Seeram Ramakrishna, da Universidade Nacional de Singapura, que presenteou a audiência com uma palestra sobre biomateriais inteligentes, abordando diversas aplicações e oportunidades neste domínio. Seguiram-se João Nascimento e Paulo Fonte, do projeto Open-Air, com exposições subordinadas ao tema “Open Source Innovation”. João Nascimento tomou primeiramente a palavra, apresentando o projeto Open-Air, alguns indicadores do seu impacto e os quatro principais projetos que surgiram no âmbito da iniciativa: “Vent2life”, “Masks4all”, “Front Line Medic Protection” e “Open Source Ventilator”. Seguiu-se Paulo Fonte, que abordou o processo de desenvolvimento, prototipagem e teste de ventiladores. Após uma curta pausa para “online coffee break” foi a vez de Rui Oliveira, do INESC TEC e da Universidade do Minho (UM), apresentar a aplicação móvel StayAway COVID, referindo o processo de contact tracing, os princípios éticos da solução e explanando resumidamente todo o funcionamento desta tecnologia.

Terminada a primeira sessão, deu-se início à mesa redonda “Innovation in Biotechnology: Trends and Future Paths in Portugal”, com a apresentação do moderador da mesa, Hugo de Sousa, co-fundador da MettaNoon, consultor da startup PropTech e fundador do theinnovation.cafe. O primeiro interveniente foi Luís Valente, CEO da iLof (“Intelligent Lab on Fiber”), que falou sobre a atuação da inteligência artificial na pesquisa de novos medicamentos. Seguiram-se Pedro Costa, da iSYS Medizintechnik GmbH, com “Interventional Systems and the new paradigm in robotics: Think small!”; António Frutuoso, co-fundador da SIA, com “Innovation doesn’t happen by chance”; Joana Maricato, da NewNutrition Business, com “The biggest technological innovation trends in food, nutrition and health”; e Daniela Pacheco, fundadora e CTO da Bac3Gel, com “A universal 3D substrate for culturing bacteria”. Findas as apresentações dos cinco membros do painel, foi então dado início à discussão, onde os participantes do evento tiveram oportunidade de colocar questões.

A sessão de encerramento contou com as intervenções de Ana Leite Oliveira, co-chair, que apresentou a equipa envolvida na organização desta edição, e de Hugo Choupina, que fechou a conferência com o save the date para a próxima edição. Com efeito, será a 9 de outubro de 2021 que tomará lugar o 3º Fórum de Inovação em Biotecnologia, sob o tema “Unveiling Opportunities to Address New Challenges”. 

A ANEEB congratula a AAAESB pela adaptação muito bem conseguida do evento ao domínio remoto e endereça sinceros votos de sucesso para a próxima edição.

Categorias: Notícia