Nos passados dias 13 e 14 de março, a ANEEB teve o prazer de estar presente nas II Jornadas de Engenharia Biomédica da UTAD que se realizaram no Polo II da Escola de Ciências e Tecnologia da UTAD.

O primeiro dia iniciou-se com uma sessão de abertura que contou com um painel de figuras dos mais diversos Órgãos Sociais da UTAD. Aqui referiu-se a importância da multidisciplinaridade do curso, uma vez que este se apresenta como uma interface promissora entre diversas áreas, bem como da criação de novos contactos com o mundo empresarial e centros de investigação.

Posteriormente, a Eng.ª Marta Faria iniciou a sua palestra com uma breve introdução do seu percurso, tanto a nível académico como de soft-skills, incentivando os alunos presentes a diferenciar o seu currículo. O Professor Agostinho Antunes do CIMAR/FCUP, presenteou-nos, de seguida, com uma pequena apresentação sobre o seu trabalho de investigação realizado na área da genética e tecnologia.

Após o almoço a plateia foi surpreendida com uma palestra, dada pelo Coach Ricardo Frade, que dinamizou interações entre os participantes. De seguida, na palestra “Fight against malaria drug resistance”, o Dr. Pedro Ferreira do ICVS/3B’s começou por explicar o que é a malária e qual o objetivo do grupo de investigação onde se insere, explicando também a sua metodologia de trabalho e a tecnologia utilizada. O primeiro dia terminou com um Workshop em C dado pelo Núcleo de Estudantes de Engenharia Eletrónica Industrial e Computadores da UM.

O segundo dia iniciou-se com uma palestra dada pelo Prof. Marco Naia sobre “NDE na Engenharia Biomédica” onde deu a conhecer várias técnicas de imagiologia médica, tendo posteriormente explicado o funcionamento de cada uma delas. Após o Coffee-Break o Dr. Rogério Pirraco do 3B’s elucidou a plateia sobre a “Engenharia de Tecidos Scaffold-free e vascularização”, começando por esclarecer o funcionamento do Instituto bem como a evolução do conceito de Engenharia de Tecidos. Informou ainda sobre os progressos feitos pela equipa em que se insere, no que diz respeito à Engenharia de Tecidos scaffold-free.

Seguidamente o Eng.º Joaquim Cruz da Cabopol, falou sobre A química utilizada na medicina”, iniciando a palestra com uma pequena apresentação sobre o que a empresa produz. Acrescentou ainda que os seus compostos têm de  ser submetidos a regulamentação e normas, bem como, a ensaios de controlo rigorosos e a um processo de esterilização. Terminou a sua apresentação enaltecendo a importância da nossa multidisciplinaridade.

A Eng.ª Maria Helena Macedo do i3S dirigiu posteriormente a palestra “Um Engenheiro Biomédico na Investigação Científica –  A Importância da nossa Versatilidade” encetando a mesma com uma pequena apresentação do seu percurso e apresentando o trabalho que tem vindo a desenvolver no âmbito do seu Doutoramento. Este tem como objectivo a criação de um modelo intestinal tridimensional como plataforma multifuncional para estudo da absorção intestinal de nanopartículas. De seguida, foram chamados ao palco a Vice-Diretora do Mestrado em Engenharia Biomédica, a aluna de Mestrado Ana Freire e os Eng. Pedro Sampaio e Engª. Sónia Pereira que fizeram uma pequena apresentação do plano curricular do Mestrado em Engenharia Biomédica, tendo partilhado ainda a sua experiência pessoal enquanto alunos do mesmo. O segundo dia terminou com a Sessão de Encerramento onde se procedeu à entrega de diplomas e se teceram algumas considerações finais.

A ANEEB congratula toda a organização do evento e deseja votos de sucesso por mais iniciativas como esta.

Categorias: Notícia