No dia 9 e 10 de fevereiro de 2019 decorreu a 2ª Edição do Mind Your Data, no Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciência e Tecnologias da Universidade de Coimbra, organizada pela JEST. Este evento caracteriza-se por ser uma conferência de Data Science que, para além de possuir um programa dotado de diversas palestras, também se focou na formação através de workshops, à semelhança da edição anterior.

No primeiro dia, o painel da manhã foi aberto por Raphael Espanha com o tema “From Biomedical Engineering to Telecom Fraud & Risk Management” que, depois de referir o seu percurso académico e a sua experiência de Erasmus que se revelou extremamente enriquecedora na aquisição de competências importantes para o seu lançamento no mercado de trabalho, mencionou a sua breve passagem pela Neadvance e a transição e adaptação para a WeDo Technologies.

Após um breve coffee break, Eduardo Dixo de Sousa seguiu-se com o tema “AI vs Malware”, dando a conhecer à audiência o seu trajeto académico, bem como a descrição do trabalho que tem vindo a desenvolver na SIEMENS no que diz respeito a ciberataques.

Este painel terminou com uma intervenção por parte da Filipa Rodrigues que apresentou a sua jornada universitária e profissional, tais como as dificuldades que lhe foram surgindo aquando da sua autoformação em data science, descrevendo, por fim, a sua experiência enquanto membro da OutSystems.

De seguida, Joana Silva, da Fraunhofer Portugal, Carlos Simões, BSIM Therapeutics,  João Roque, Genomics England e alumnus JEST, dinamizaram um debate sobre as diversas oportunidades em profissões ligadas a data science e aos desafios que as mesmas apresentam no século XXI no âmbito dos dispositivos médicos, genómica, bioinformática e de tecnologias ligadas à monitorização ativa. Foi concluído que ainda existe um longo caminho a percorrer em Portugal, apesar da evolução e do futuro apresentarem novidades e previsões interessantes.

Encerrando o  primeiro dia, a PT-MATHS-IN trouxe uma perspetiva diferente das aplicações da matemática, nomeadamente em resolução de problemas do quotidiano diretamente relacionados com a inovação e a indústria. Neste caso, discutiu-se a otimização relativamente a pessoas e espaço numa maratona e de que forma isso poderia ser resolvido em termos algorítmicos. A esta palestra seguiu-se um momento de networking entre participantes e oradores.

A manhã de dia 10 foi recheada com 3 workshops simultâneos e divididos por nível de dificuldade: workshop básico em Python, workshop intermédio em R e workshop avançado em Python e R. A ANEEB integrou o workshop avançado, que se focou na importância dos dados e na sua análise quando se pretende resolver um problema de Data Science, na sua visualização em R e na aplicação de algoritmos de Machine Learning em Python.

A ANEEB gostaria de parabenizar a organização, bem como de agradecer o convite para estar presente neste evento, elogiando a qualidade do mesmo. Aguardamos, assim, a realização de futuras edições, igualmente bem sucedidas.

Categorias: Notícia