Nos passados dias 13, 14 e 15 de abril, a Associação Nacional de Estudantes de Engenharia Biomédica teve a oportunidade de participar na 9ª edição do Symposium on Bioengineering, realizado na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e organizado pelo Núcleo de Estudantes de Bioengenharia FEUP/ICBAS. O Symposium on Bioengineering é um evento que adopta o formato de conferência científica, e que conta com oradores nacionais e internacionais, workshops e visitas de estudo.

O primeiro dia, também designado por Pré-Symposium, foi um dia dedicado aos workshops e às visitas de estudo. Este ano, o Symposium ofereceu aos seus participantes workshops multidisciplinares e fora das componentes mais técnicas dos cursos, nomeadamente: Design Thinking aplicado à Saúde, Propriedade Intelectual e Estratégias de Mercado. Realizaram-se também visitas de estudo a empresas como a BIAL, SWORD Health ou Adapttech e a um centro de investigação como o i3S.

O segundo dia começou oficialmente com a Cerimónia de Abertura, onde vários representantes tiveram oportunidade de discursar, entre os quais, Daniel Rodrigues (Presidente da Direção do NEB FEUP/ICBAS), Diogo Pimenta (Presidente da Direção da AEFEUP), Francisco Malcata (Diretor do Curso) e Ana Maria Mendonça (Subdiretora da FEUP). De seguida deu-se início às palestras que compunham as temáticas Made in MIB, onde antigos alunos partilharam experiência sobre o seu progresso académico e profissional; FoodTech: new trends in the industry, focada na engenharia biológica e alimentar; Defying death with modern science, focado na biologia celular e molecular; The Biomedical Revolution, com especial foco nos algoritmos de inteligência artificial para desenvolvimento de ferramentas de apoio à decisão e de diagnóstico assistido por computador; e Bioengineering: a Space Odyssey, que abordou a investigação em ambiente de microgravidade. Entre cada Coffee Break, os participantes tinham, também, oportunidade de falar com oradores e de conhecer os seus percursos através da atividade de Speed Dating. Após um dia enriquecedor, houve também oportunidade para um evento social, Social Dinner, em que participantes, organização e oradores, jantaram e fizeram networking num ambiente mais informal. O terceiro e (último dia) mais dedicado a áreas transversais e disruptivas, contou com painéis que iam desde a medicina regenerativa até à medicina veterinária: When life gives you disabilities, make Engineering, onde a robótica e biónica eram protagonistas; Micro Wars: The Bacteria Strike Back, que abordou o mundo da microbiologia; Altering Carbon, onde os desafios da medicina regenerativa e as suas questões éticas foram debatidos; Beyond Human: a look at the animal kingdom, que se focou na interface tecnologia-medicina veterinária; A tour through Bioentrepreneurship, onde os participantes contactaram com empreendedores e fundadores de startups relacionadas com o Bioengenharia e englobando tópicos como comunicação em ciência, aplicações biomédicas, ensaios laboratoriais e produção de anticorpos.

A Sessão de Encerramento contou com um discurso de Susana Sousa, Vice-Presidente do NEB, que agradeceu calorosamente a toda a equipa, que nos últimos meses se tinha dedicado e esforçado para proporcionar à comunidade académica uma conferência de altíssima qualidade.

A ANEEB gostaria de congratular o NEB FEUP/ICBAS por mais um Symposium on Bioengineering e desejar bom trabalho e boa sorte para para futuras iniciativas.

Categorias: Notícia